Histórico

                       espetáculo Mirada / foto: Tetembua Dandara




 Núcleo MIRADA surge em 2010 quando selecionado para integrar o programa de residência artística da Casa das Caldeiras (SP) “Obras em Construção” OngoingArtworkProjects. Durante este período (junho de 2010 a novembro de 2011), as integrantes desenvolveram laboratórios de pesquisa artística que resultaram no espetáculo Mirada, apresentado em locais como Sesi, Festival ABCDança, entre outros. Em 2011, o Núcleo foi contemplado pelo Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna – com o projeto Epifanias Urbanas em parceria com a Cia das Atrizes. Em 2012, o projeto Silêncios Humanos iniciou a trajetória que se desdobrou na Plataforma Cala, contemplada pelo PROAC 08/2013 – Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo – para a realização do espetáculo Cala, apresentado nas cidades de São Paulo, Campinas, São José dos Campos,  Limeira, entre outras. O Núcleo foi contemplado pelo programa de residência artística “Obras em Construção” OngoingArtworkProjects, nas edições de 2011, 2012 e 2014 do Espaço Cultural Casa das Caldeiras, no qual desenvolveu de alguns de seus projetos artísticos. Em 2015, foi contemplado pela 18ª Edição da Lei de Fomento à Dança da Cidade de São Paulo, para a realização do Projeto Rede Cala, concluído em outubro de 2016. Neste mesmo ano teve o Projeto Resquícios Brutos selecionado pelo ProAc 04/2016 de criação em dança. Atualmente é formado pelas artistas Christiana Sarasidou, Karime Nivoloni e Liana Zakia, todas com formação em Dança e residentes na cidade de São Paulo. 
 

Arquivo do blog